Reunio sobre Direitos Sexuais Como Direitos Humanos tem convidada especial

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA-Rio), por intermédio do GT de Revisão do Plano Municipal de Enfrentamento às Violências Sexuais Contra Crianças e Adolescentes, realizou nesta quarta-feira, dia 11 de novembro de 2020, uma reunião que teve como tema “Direitos Sexuais Como Direitos Humanos”. O evento contou com a apresentação da representante CEPIA, Andrea Pitanguy Romani, a mediação da coordenadora do GT, Maria America Diniz Reis, e a participação da convidada especial Vanessa Leite, que é pesquisadora do Instituto Saúde e Sociedade/UNIFESP e pesquisadora associada do CLAM/IMS/UERJ.

- É muito importante este trabalho que está sendo feito de revisão do Plano Municipal de Enfrentamento às Violências Sexuais Contra Crianças e Adolescentes. Destaco que o Plano Nacional apresenta alguns indicadores que podem ser usados, entre eles, qualificação dos profissionais intersetorialmente, fortalecimento e suporte das famílias, fortalecimento dos conselhos tutelares e formação dos conselheiros e garantia do acolhimento institucional – recomendou Vanessa, como forma de contribuir com o grupo de trabalho.

O GT já realizou inúmeras reuniões e um encontro de reflexão. Segundo destacou Maria America, houve avanços nas atividades deste grupo analisando o Plano Nacional e Municipal, que não foi finalizado. Ela afirma ainda que haverá consulta pública em relação ao Plano, que será realizada em 2021. O tema debatido na reunião desta quarta foi do Eixo da Atenção.

O próximo passo será dado pelo Eixo da Participação, que vai organizar em dezembro uma roda de conversa para discutir com os adolescentes e os jovens sobre o que eles pensam em relação ao tema. Essa sugestão foi feita pela Fundação Angélica Goulart. A ação será coordenada pela Fundação Roberto Marinho.