CMDCA-Rio far assembleia ordinria no prximo dia 11 de maio

O Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CMDCA-Rio) informa em comunicado publicado no Diário Oficial,  que acontece no próximo dia 11 de maio, às 14h, a assembleia ordinária mensal, que será feita por videoconferência. Na ocasião, os novos conselheiros de direito eleitos para o mandato 2020 a 2022 tomarão posse.

A reunião virtual é uma medida de prevenção, controle e contenção de riscos e agravos à saúde pública para evitar a disseminação do Coronavírus.

Balanço

A gestão anterior, mandato 2018 a 2020, teve grandes avanços e desafios. Em 2018, o destaque foi a realização da XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, tanto no conteúdo como na participação dos profissionais. Houve um grande avanço com a presença maciça de jovens em todos os eixos e na plenária. Foram entregues 50 propostas, sendo 10 de cada eixo. Outro destaque foi a utilização do site como ferramenta para ampliar a participação dos envolvidos. Ao todo, o evento contou com 890 participantes.

Já em 2019, o ponto alto foi o processo da eleição do Conselho Tutelar, onde foi registrada a maior marca de eleitores da história e o município do Rio de Janeiro conseguiu ter um olhar muito mais próximo das atribuições do órgão e pode, de forma mais ampla, conhecer e ver o trabalho dos conselheiros. Também tiveram as ações do Dia 18 de Maio, em que foi trabalhada a conscientização da violência e exploração sexual infantil e houve um público muito grande nos eventos promovidos pelo CMDCA-Rio. Outro avanço foi a parceria com a Guarda Municipal durante o Carnaval e o Réveillon. Na oportunidade, foi realizada a identificação de crianças e adolescentes por meio da distribuição de pulseiras e a conscientização dos responsáveis. Outros destaques foram a assinatura de termo de parceria com a rede hoteleira do município através da ABIH e o Conselho Regional de Contabilidade (CRC-RJ). Em novembro foi realizado um evento que contou com a participação de empresários e contadores e buscou a conscientização da população sobre a importância de doar ao Fundo.

Das 10 instituições eleitas pela Sociedade Civil para o mandato 2020 a 2022, 4 foram reeleitas e 6 são novas, que darão continuidade às questões relacionadas à causa da criança e do adolescente no município do Rio de Janeiro. São elas:

  1. Abrigo Evangélico da Pedra de Guaratiba;
  2. Associação Beneficente São Martinho
  3. Associação Redes de Desenvolvimento da Maré
  4. Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDECA-RJ
  5. Fundação Roberto Marinho
  6. Grupo de Ação Social Comunitária – GASCO
  7. Instituto Brasileiro Pró-Educação, Trabalho e Desenvolvimento – ISBET
  8. Lar Fabiano de Cristo
  9. Lar Paulo de Tarso – Solar Meninos de Luz
  10. Serviço Social da Indústria - SESI/RJ