CMDCA-Rio realiza eleies para conselheiros de direito da Sociedade Civil

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA-Rio) realizou nesta quarta-feira, dia 11 de março de 2020, as eleições para conselheiros de direito da Sociedade Civil. Ao todo, 98 entidades votaram e 13 candidataram-se as 10 vagas existentes.

Os representantes eleitos irão compor o quadro de Conselheiros de Direitos, sendo 10 titulares e 10 suplentes. Para estarem aptos a participar do pleito, as instituições precisavam estar registradas no CMDCA-Rio e com a regularidade anual em 2019, além de estar legalmente constituída há pelo menos 01 (um) ano e atuando no mínimo há 01 (um) ano no Município do Rio de Janeiro.

O coordenador da Comissão Eleitoral, Adolfo Breder, detalhou parte do processo eleitoral, destacando que as medidas adotadas foram fundamentais para que o pleito ocorresse de acordo e dentro do tempo determinado.

- A apuração foi agilizada com o processo eletrônico de apuração, objetivo e transparente: todos puderam acompanhar a evolução dos números e auxiliar na conferência em tempo real – explicou.

O evento contou com a participação da Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, Rosana Cipriano, que comentou sobre importância do pleito.

- A legitimidade dos integrantes do CMDCA é de grande importância para garantir que, de fato, o referido colegiado reflita os interesses de crianças e adolescentes. As associações e demais organizações da sociedade civil, ao exercerem direito de voto expressam a vontade do público que lida com atendimento de crianças e adolescentes de fazer-se representar pelos eleitos. O CMDCA delibera importantes políticas públicas, portanto, os respectivos membros integrantes devem estar legitimados, através do voto, como pessoas reconhecidamente comprometidas com a causa da infância – afirmou.

Maria Cristina Bó, do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância (CIESPI), foi uma das votantes. Ela destacou o importante papel que as instituições exercem no CMDCA-Rio.

- Nossa expectativa é que as 10 instituições eleitas tenham atuação na garantia de direitos das crianças e dos adolescentes, em especial, os que vivem em situações precárias e esperamos também que as organizações ajudem a fazer com que os recursos circulem e cheguem as entidades, seus projetos e, por consequência, às crianças – destacou.

Abaixo, o resultado da votação, com o quantitativo de votos por entidade candidata ao processo de escolha da representação da sociedade sociedade civil no CMDCA-Rio – mandato 2020/2022. E para ler o comunicado publicado no D.O. clique aqui.

ENTIDADE DE ATENDIMENTO / CANDIDATOS TITULAR E SUPLENTE 

VOTOS

CLASSIFICAÇÃO

1-Abrigo Evangélico da Pedra de Guaratiba

Sandra Maria da Silva Marques e Josué Barbosa Cordeiro

53

1º Lugar

 

2-Associação Beneficente Jurema Amor nas Mãos para Deficientes Surdos

Telma de Souza Barbosa e Jurema Esteves de Menezes Duarte

21

11 Lugar

3-Associação Beneficente São Martinho

Lucimar Correa Pereira e Natasha Martin Lauletta

41

2º Lugar

4-Associação Redes de Desenvolvimento da Maré

Inês Cristina Di Mare Salles e Patrícia Sales Vianna

36

3º Lugar

5-Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDECA-RJ

Maria America Diniz Reis e Nancy Soares Torres

34

5º Lugar

6-Círculo de Amigos do Menino Patrulheiro – CAMP Mangueira

Antonio Carlos Ferreira Lopes e Marcos Jardim Freire

21

12 Lugar

7-Fundação Roberto Marinho

Priscila Pereira da Silva e Patrícia Coutinho de Oliveira Sales de Andrade

28

8º Lugar

8-Grupo de Ação Social Comunitária – GASCO

Bernadete Soares Pereira e Liliane da Cunha Lo Bianco Lopes

23

9º Lugar

9-Instituto Brasileiro Pró-Educação, Trabalho e Desenvolvimento - ISBET

Priscila Silva Moura da Silva e Bianca Santiago dos Zaayenga

23

10 Lugar

10-Instituto Educacional Araujo Dutra

Josué Araujo Dutra Louviz de Azevedo e Vânia de Cássia de Araujo Dutra

20

13 Lugar

11-Lar Fabiano de Cristo

Julio Almeida de Freitas e Glaucia Rodrigues da Silva

34

6º Lugar

12-Lar Paulo de Tarso – Solar Meninos de Luz

Guilherme Maltarollo de Moraes Rego e Beatriz Fartes de Paula Neves

34

7º Lugar

13-Serviço Social da Indústria - SESI/RJ

Celso de Souza Cunha e Diego da Silva Santos

35

4º Lugar